A 2ª edição da Hortuel foi um sucesso!

A noite do dia 31 de outubro foi marcada por muita troca de conhecimento! 😊

Realizada no Anfiteatro de Pós-Graduação, do Centro de Ciências Agrárias (CCA), a 2ª edição da Oficina de Horticultura da UEL (Hortuel) foi um sucesso. O professor Roberto Jun Takane, da Universidade Federal do Ceará (UFC), ministrou curso sobre cultivo e manejo de plantas suculentas, no qual os participantes puderam tirar dúvidas e compartilhar experiências.

O evento contou ainda com o lançamento do livro "Cultivo Técnico de Plantas Suculentas: técnicas de manejo e propagação". A obra é resultado de uma parceria entre o professor Takane, o engenheiro agrônomo Sérgio Shoji Yanagisawa, e o professor do Departamento de Agronomia, do CCA, Ricardo Tadeu Faria. "Esse universo tem crescido muito e proporcionado um amplo espaço para pesquisa. Dentro do contexto econômico, tem participação bem relevante. Além de capacitar os interessados no assunto, o evento é importante porque é uma área que sempre há novidades, o mesmo tempo em que demanda novos técnicos e agrônomos", afirma Takane.

Se você não pôde participar desta edição, fique ligado aqui no site e nas redes sociais do Orquidário! 

Novos cursos virão em breve! 😉

Confira algumas fotos de como foi o nosso encontro: 





É amanhã!

Amanhã (31), a partir das 19 horas, no Anfiteatro da Pós-Graduação do Centro de Ciências Agrárias (CCA), tem início a segunda edição da Oficina de Horticultura da UEL (Hortuel). 

Além de proporcionar um espaço de aprendizagem para os participantes, com um curso sobre o cultivo e manutenção de suculentas, ministrado pelo professor Roberto Jun Takane, da Universidade Federal do Ceará (UFC), a programação conta também com o lançamento do livro “Cultivo Técnico de Plantas Suculentas, de coautoria de Takane, do engenheiro agrônomo Sérgio Shoji Yanagisawa, e do professor Ricardo Tadeu Faria.

O evento é coordenado pela professora Camilla de Andrade Pacheco e pelo professor Ricardo Faria, ambos do Departamento de Agronomia. É uma realização da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Orquidário UEL, Pró-reitoria de Extensão (PROEX) e Grupo de Estudos em Fruticultura Tropical e Subtropical (GEFRUTS).

2º Hortuel - Edição Especial


Apaixonados por suculentas, a 2º edição da Oficina de Horticultura da UEL (HORTUEL) é para vocês!

No dia 31 de outubro, a partir das 19 horas, no Anfiteatro da Pós-graduação, no Centro de Ciências Agrárias (CCA), o professor Roberto Jun Takane, da Universidade Federal do Ceará (UFC) vai ministrar o curso “Cultivo Técnico de Plantas Suculentas”, no qual vai abordar conceitos importantes, planejamento, técnicas de manejo e propagação, além de auxiliar os participantes na confecção de um mini vaso de suculenta.
A programação prevê ainda o lançamento do livro “Cultivo Técnico de Plantas Suculentas” (Expressão Gráfica e Editora, 136 páginas), de coautoria do professor Roberto Jun Takane, do engenheiro agrônomo Sérgio Shoji Yanagisawa, e do professor Ricardo Tadeu Faria.
Inscrição - Os interessados podem se inscrever pelo site II Hortuel (disponível a partir de 01/10). O investimento é no valor de R$40,00 e dá direito ao curso, a um livro autografado e a um certificado de participação, com carga horária de duas horas. 
O evento é coordenado pela professora Camilla de Andrade Pacheco e pelo professor Ricardo Faria, ambos do Departamento de Agronomia. É uma realização da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Orquidário UEL, Pró-reitoria de Extensão (PROEX) e Grupo de Estudos em Fruticultura Tropical e Subtropical (GEFRUTS).

Mais informações pelo e-mail contatohorturl@gmail.com

Curso prático de orquídeas - Feira 2019


O curso “Cultivo prático de orquídeas com ênfase em Vandas”, realizado durante a Feira de Orquídeas 2019 e ministrado pelo professor Ricardo Faria, foi um sucesso!

Os três encontros, que tiveram duração de 1 (uma) hora cada, reuniram cerca 90 pessoas, que puderam aprender um pouco mais sobre este universo e colocar a mão na massa.


Durante as atividades, foram abordados tópicos como paisagismo com orquídeas, plantio em árvores e construção de orquidários. Os participantes receberam orientações sobre adubação, controle de pragas e doenças, tipos de vasos e muitas outras dicas.

Confira abaixo fotos das turmas que participaram este ano: 


Fotos: Thiago Couto Raimundo

E se você não pôde estar conosco, ano que vem tem mais!
Esperamos por você!

Orquídea da Semana

Epigeneium lyonii
Foto: Eric Hunt

Origem: Filipinas
Dimensão da flor: 6 x 6 cm
Haste floral: 40 cm
Altura da Planta: 15 cm
Época de floração: primavera
Duração da flor: 30 dias
Sombreamento: 50%
Temperatura: 8 a 35°C
Curiosidade: A origem do nome Epigeneium, e a junção de duas palavras do Latim, EPI + GENEIUM, que significa “no queixo “, em referência à forma do queixo do lábio da flor desta espécie.

Feira de Orquídeas chega em sua 22ª Edição





O tradicional evento "Feira de Orquídeas" realizado todos os anos em Londrina, tem início dia 30 de agosto e segue até dia 09 de setembro, no Armazém da Moda. Estará aberto à visitação das 10 às 21 horas, exceto aos domingos, que as atividades se encerram uma hora mais cedo, às oito da noite.

A Feira traz grande variedade de flores em cores e formatos, além de diversos exemplares diferentes e exóticos para comercialização, com preços acessíveis. Além disso, haverá sorteio de espécies como atrativo aos visitantes.

O evento vai promover o curso “Cultivo prático de orquídeas com ênfase em Vandas”, ministrado pelo professor Ricardo Tadeu de Faria, professor do Departamento de Agronomia, da Universidade Estadual de Londrina. O curso será nos dias 07 e 14, das 15h30 às 17 horas e no dia 13, das 19h30 às 21 horas. O valor da inscrição para participar é de R$ 30,00, com a opção de garantir uma apostila por R$15,00.

As vagas para o curso são limitadas! Para se inscrever, entre em contato pelo telefone (43) 3348-0154


O estacionamento e a entrada no evento são gratuitos. 
O Armazém da Moda fica na avenida Tiradentes, 1411. 

Orquídea da Semana + Sorteio


Oncidium baueri 


Popularmente conhecida no Brasil como "chuva-de-ouro", a orquídea Oncidium baueri é principalmente encontrada no Brasil, no Paraguai e no Norte da Argentina, mas são distribuídas por toda a América Tropical. Além de ser uma espécie onde as pétalas e sépalas são bastante pequenas em relação ao labelo, a planta é repleta de cores vibrantes.

Origem: Norte AS
Dimensão da flor: 3 x 3
Haste floral: 1 a 3 cm
Altura da Planta: 80 cm
Época de floração: verão
Sombreamento: 50%
Temperatura: 10 a 35°C

Se você gostou da nossa Orquídea da Semana e quer ganhar uma, basta participar do sorteio. Comente "eu quero" nesta postagem. O ganhador deverá retirar a planta no Orquidário UEL, na sexta-feira, das 08:30 às 15 horas. Falar com o Seu Geraldo.  O resultado sai no dia 05/08 (segunda-feira). Boa sorte a todos!

*A foto menor é para ilustrar como a orquídea ficará quando florescer.*

Londrina sedia 1ª Exposição Nacional das orquídeas Cattleya walkeriana e nobilior


A 1ª Exposição Nacional das orquídeas Cattleya walkeriana e nobilior foi realizada de 12 a 14 de Julho de 2019, em Londrina, promovido pela Confraria de Colecionadores de C. walkeriana e nobilior (CWN). O evento contou com palestras sobre os temas "Melhoramento Genético" e "Nutrição de Orquídeas". Os visitantes também puderam adquirir mudas e plantas adultas multiplicadas em laboratório por produtores de todo o país. Além disso, houve um concurso para o julgamento técnico das melhores plantas da exposição. O professor Ricardo Faria, que esteve presente na Exposição, explica que ambas são espécies brasileiras e que estão em risco de extinção devido a destruição de seus habitats e a coleta predatória.

A Cattleya walkeriana foi descoberta por George Gardner, em 1839, à margem de um riacho afluente do Rio São Francisco, em Minas Gerais. Seu nome é uma homenagem a Edward Walker, assistente do botânico que o acompanhava. A espécie também pode ser encontrada em ambiente selvagem nos estados de Goiás, Mato Grosso e São Paulo, sempre próxima a rios, lagos ou pântanos. 
Sua fragrância, que lembra o aroma de canela, e sua variedade de cores chamam a atenção. A espécie se adapta muito bem ao cultivo em ambiente interno, desde que tenha boas condições de umidade e iluminação.
A Cattleya nobilior foi descrita em 1883 pelo botânico alemão Heinrich Gustav Reichenbach, orquidófilo que identificou, descreveu e classificou mais de mil espécies de orquídeas durante sua carreira. O nome desta espécie, “nobilior”, deriva do latim e significa “mais nobre”, “melhor”. Muitos acreditam que seja em referência à Cattleya walkeriana, com qual é freqüentemente comparada. O cultivo desta espécie é reconhecido por muitos como difícil. Porém, proporcionando às plantas um ambiente parecido ao que ela tem na natureza, é possível atingir uma boa qualidade de vida à planta. 

Confira algumas fotos de espécies que estiveram na Exposição:

Cattleya walkeriana alba

Cattleya nobilior

Cattleya nobilior amaliae

 
Cattleya walkeriana semi alba

Cattleya walkeriana

Fotos: Ricardo Faria/Orquidário UEL

Orquídea da Semana


Olá! Começaremos hoje uma série semanal intitulada "Orquídea da Semana". Aqui, você poderá ler informações técnicas e curiosidades sobre as variadas espécies de orquídeas e se encantar ainda mais. Não deixe de acompanhar! 

Koellenstenia tricolor
Foto: Sandro Lucas

Origem: Brasil
Dimensão da flor: 1,8 x 1,8 cm
Haste floral: 50 cm
Altura da Planta: 50 cm
Época de floração: verão
Duração da flor: 25 dias
Sombreamento: 50%
Temperatura: 10 a 35°C
Curiosidade: nome deste gênero Koellenstenia - é uma homenagem ao Capitão Friedrich Marcus Freiherr Kellner von Köllenstein (1802 – 1881), orquidófilo austríaco. 

Livro contém resumos dos trabalhos do III SIMBRAORQ



















Olá! 
Meu nome é Juliana Félix, sou estudante do 3º ano de Jornalismo da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a partir de agora estarei retomando as atividades do site e demais redes sociais do Orquidário UEL, sob coordenação do professor Ricardo Faria. Teremos postagens semanais sobre esse universo fascinante que é o cultivo de Orquídeas. Seja você um colecionador, um comerciante, um pesquisador ou apenas um curioso apaixonado por plantas, não deixe de nos acompanhar!  
__

Estão disponíveis no endereço Livro os resumos dos trabalhos do III Simpósio Brasileiro Sobre Cultivo de Orquídeas (SIMBRAORQ), realizado de 20 a 23 de março de 2018, na Universidade Estadual de Londrina.
O evento teve a participação de grupos de pesquisas de várias regiões do país e, também, de outros países. Durante os quatro dias, a programação contou com palestras, apresentação de trabalhos e cursos de curta duração, relacionados a Indústria da Orquídea, que foi o tema da edição. 
Confira no link Banners os trabalhos apresentados por alguns dos participantes da UEL, no SIMBRAORQ 2018.